Buscar
  • SOLUFIL

Controle de poluentes - O que sua empresa já faz?


O controle de poluição passou a ser uma das principais preocupações dos empresários, independentemente do porte do seu negócio. Além da consciência ambiental cada vez mais ampliada, os empresários também sabem que pode haver diversos prejuízos para quem lança poluentes na natureza.

A lei 9.605/98 é um exemplo disso e ela elenca várias consequências para quem não leva a sério a preservação do meio ambiente e, por isso, você deve se perguntar o que a sua empresa já faz para controlar a poluição que causa.


Emissão de poluentes na atmosfera pode acontecer em diversas etapas de produção


O meio ambiente pode ser poluído, por exemplo, quando são produzidas fumaças; estas podem ser decorrentes de reações químicas ou de fogo comum e, em qualquer caso, aumentam muito a quantidade de dióxido de carbono na atmosfera.


Como consequência, pessoas e ecossistemas que estejam nas proximidades podem ser seriamente afetados. Em muitos casos, a emissão de poluentes atmosfera não acontece por fumaça, mas sim por compostos químicos que são usados nas empresas e acabam por evaporar.


É interessante salientar que a poluição do meio ambiente não se dá só pelo ar: a liberação de compostos tóxicos no solo e na água também é monitorada pelas autoridades e traz consequências desastrosas a curto, médio e longo prazo.


Responsabilidade pela poluição - como funcionam as multas


Nenhuma empresa deve achar que conseguirá esconder a poluição ambiental que as suas atividades estiverem causando. Afinal, todos os níveis de governo estão cada vez mais atentos e aplicando multas severas aos responsáveis pela empresa.


Destaca-se que, quando se trata de empresas vencedoras de licitações ou que prestam quaisquer serviços para os órgãos públicos, esse vínculo pode ser desfeito quando se confirma a poluição proposital do meio ambiente.


A aplicação da multa é proporcional aos problemas que a poluição ocasionou ao ecossistema e à população; normalmente, o valor fica na casa dos milhões. Além disso, todo mundo que tem cargos de grande hierarquia na empresa (e que sabia das atividades de poluição) pode ficar preso de 1 a 60 meses.


Ainda a respeito das multas por emissão de poluentes, elas não são os únicos ônus com os quais a sua empresa terá de arcar. Na verdade, também será responsabilidade dos donos as estratégias de compensação, inclusive às pessoas afetadas.


Por exemplo: se uma empresa lançou poluentes tóxicos no ar e isso fez com que pessoas ficassem doentes e o ecossistema se perdesse, essa mesma empresa terá de indenizar os prejudicados, arcar com os tratamentos de saúde e com todas as medidas de restauração desse ecossistema.


Apostar no controle prévio de poluentes é a coisa certa a fazer


Para não ter todos os problemas já descritos, a sua empresa não pode afetar a qualidade do ar de onde ela está (e nem no resto da natureza). Por isso, providenciar filtros e equipamentos de controle de poluentes, como os fabricados pela Solufil, é o melhor modo de proteger seu negócio e o ecossistema.

3 visualizações

Fale conosco

Envie um

E-mail

Trabalhe

Conosco

Seja nosso

Representante

SOLUFIL FILTRACOM INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE FILTROS LTDA.

Rua Antônio Felamingo, 1075 • Macuco • Valinhos-SP •  CEP 13279-452

Tel.: +55   19 3881-8000   |   19 3881-2851

  • Facebook
  • LinkedIn ícone social
logo_solufil.png